Tom Hickathrift

Daniel Seaxdéor

Tom Hickathrift (ou às vezes Jack Hickathrift) é uma figura lendária do folclore da Ânglia Oriental, na Inglaterra – um personagem parecido com Jack, o Matador de Gigantes. Ele é famoso por ter lutado contra um gigante, e às vezes é dito ser um gigante, embora normalmente ele é apenas representado como possuindo a força de um gigante.

Várias histórias de suas façanhas surgiram. Em uma versão, é contado que ele é um trabalhador simples no momento da conquista normanda da Inglaterra e ter matado um gigante no pântano em Tilney, Norfolk armado apenas com o eixo das rodas de uma carroça, usando uma das rodas como escudo. Esta façanha lhe valeu o governo de Thanet. Na igreja em Walpole, St. Peter, há uma deformação no chão, onde se diz que uma bala de canhão caiu depois que ele atirou para espantar o demônio; nesta versão, Tom é um gigante.

No conto de fadas como contado por Joseph Jacobs, Tom viveu no pântano da ilha de Ely e embora fosse inicialmente preguiçoso e comilão, ele foi prodigiosamente alto e logo ficou claro que ele tinha a força de vinte homens. Várias provas de sua força são dadas: ele carregava 200 quilos de palha e uma árvore como se não pesassem nada, chutou uma bola de futebol tão longe que ninguém conseguiu encontrá-la e virou a mesa sobre quatro homens que tentaram roubá-lo. Ele finalmente conseguiu um emprego para tomar cerveja em Wisbech, mas a longa jornada o cansou, então um dia ele atravessou a terra do Gigante Wisbech. O gigante não gostou disso e buscou seu porrete para bater em Tom, mas neste momento Tom levou o eixo das rodas da carroça como arma e usou a roda como escudo, lutando contra o gigante. Depois de uma batalha furiosa, o gigante foi morto. Tom tomou sua terra e foi desde então estimado por pessoas da área.

Page_42_illustration_in_More_English_Fairy_Tales