O debate estranhamente revelador sobre um bordado da Era Viking

Uma descoberta arqueológica levantou questões sobre a influência dos muçulmanos sobre a Europa.

Publicado em The Atlantic. Tradução de Seaxdeor.

Uma pesquisadora de uma universidade sueca diz que as roupas de enterro nórdicas têm a palavra “Allah” e algumas pessoas realmente querem acreditar nela. Continuar a ler

Runas: uma abordagem reconstrucionista

Atenção: esse atigo usa vários caracteres especiais que podem não ser reconhecidos no Android ou computadores. Se esse for seu caso, tente a versão em PDF.

Por Seaxdēor

Na edição anterior da revista Heathen Brasil foi-me sugerido fazer algo como que uma sessão exclusiva para falar sobre uma runa a cada número. Apesar de agradecer a sugestão, sou obrigado a declinar, mas não por desconsideração, e sim pelo papel que as runas têm na minha prática. Continuar a ler

Wiccatrú: ou, “Uma das coisas que a Ásatrú não é”

Por Esteban Sevilla, goði do Kindred Irminsul da Costa Rica, em espanhol.
Tradução para o português de Seaxdēor.

A Wicca Nórdica

A respeito deste tipo de Wicca não há muito o que dizer a seu favor. A Wicca é uma crença misteriosa e cerimonial. A Wicca Nórdica é uma mescla de Wicca e Ásatrú. A Wiccatrú pretende mesclar os procedimentos rito-cerimoniais tradicionais da Wicca com alguns deuses do panteão nórdico-germânico que possam ter um arquétipo que substitua o “Deus e a Deusa”, ou “A Deusa Tríplice”. Alguns desses sincretismos poderiam encaixar-se como: Deus e Deusa/Freyr e Freyja ou Deusa Tríplice/Frigg, Sif e Freyja. Está claro que nas religiões germânicas não havia uma trindade de deusas (as Nornir não são deusas nem veneráveis), além disso, as trindades pareciam ser principalmente masculinas, como o são Odin, Vili e Vé. Continuar a ler

Entendendo o Pós-Vida e o Espírito dos Nórdicos e Germânicos

Por Sonne Heljarskinn

Na imagem em destaque, vemos uma representação de como os mortos eram comumente enterrados entre os germânicos.

Vou tentar ser breve. Breve não, brevíssimo, porque esse assunto dá um livro facilmente. Aviso inicial: se você está há pouco tempo no paganismo nórdico ou germânico em geral (do qual o nórdico é só uma parte) você pode talvez não entender este texto de cara. Talvez você precise de algum tempo e se familiarizar com algumas ideias que raramente são vistas à nossa volta, mesmo no meio pagão. Vou tentar fazer ele fornecer, resumidamente, tudo o que você precisa saber para entender a noção de pós-vida pagã, mas talvez não seja o suficiente em uma ou duas leituras. Lembrando que isso aqui não é verdade absoluta, só o ponto onde meus estudos chegaram até o momento, e aceito todas as contribuições possíveis.

Continuar a ler

Honra: “Eu não penso que a palavra significa o que você pensa que significa”

 

Por Christopher Scott Thompson
Publicado originalmente em Gods and Radicals 

Tradução de Gabriel O Dughghaill

O tema da “honra” é de interesse para alguns heathens e pagãos, especialmente aqueles que se vêem num “caminho de guerreiro”. Continuar a ler

Crer nos deuses certos ou agir corretamente?: Um dilema na Ásatrú

Por Sonne Heljarskinn

Tentarei, por vários motivos ser breve neste texto. Por isso alguns pontos serão aprofundados apenas futuramente.

Esse texto será apenas um amontoado rápido de questionamentos. Espero que sirva para causar reflexão tanto em pagãos recentes, ou mesmo naqueles que são filhos de pagãos. Continuar a ler

Óðinn – or Sky-daddy and the world of grievous bodily harm.

A speculation upon the malformation of a deity.

Written by Einar V. Bj. Maack, of Hvergelmir International

Óðinn is a popular god among Heathens and people that adhere to Germanic culture or religion.
Even so much that that there are people that treat Óðinn as some sort of replacement Jehova or cling to him only, ignoring the rest of the Germanic pantheon. Continuar a ler