A Nossa Religião É Uma Religião Agrária

Publicado originalmente em Wyrd Designs (Https://wyrddesigns.wordpress.com/2016/02/16/ours-is-an-agricultural-religion/)

Traduçao de Heitor Gomes

farm_scene

A nossa religião não é apenas uma religião de guerreiros, mas infelizmente isso é o mais alardeado. Nossa religião é uma religião AGRICULTURAL. Se você verdadeiramente examinar todos os nossos ritos e datas sagradas, eles se enfocam em vitalidade e sobrevivência, e portanto, especialmente nas principais épocas sagradas, conectam com momentos chave de uma cultura agrária, da colheita até a organização dos animais. Sim, nós honrávamos os ancestrais e usávamos nosso tempo honrando aqueles que morreram em bom serviço à comunidade. Mulheres que morriam no parto eram TÃO altamente honradas quanto homens que morriam em batalha em algumas comunidades. Um poeta ou skáld poderia ter honras tão altas quanto qualquer guerreiro, etc… Continue reading “A Nossa Religião É Uma Religião Agrária”

Erros comuns na Ásatrú: Parte 1

Primeiro post do ano. Feliz 2017 pessoal ^^

nohorns

Sonne Heljarskinn

(Aproveito o espaço e agradeço à Andreia Marques e o Ravn que me indicaram mais pontos para apresentar, que eu mesmo quase esqueci).

Esses dias, andando pelo Platinorum vi uma tradução de uma lista de “7 erros comuns para iniciantes na magia”. Percebi que o tema poderia ser bem interessante de ser analisado também a partir da Ásatrú, ou do paganismo germânico em geral. Surgiu, assim, essa listinha dos erros mais comuns que os iniciantes (ou nem tão iniciantes assim) cometem quando passam a fazer parte do Antigo Caminho. Eu mesmo cometi quase todos, senão todos. Continue reading “Erros comuns na Ásatrú: Parte 1”