O que caracteriza o Paganismo Germânico?

Muitas pessoas procuram as diretrizes que compõem o paganismo germânico (ou “Ásatrú”, “Forn Sed”, entre muitos outros nomes), aquilo que o estrutura e guia, e assim se voltam para as Nove Nobre Virtudes. Cunhadas na década de 1970 pelo grupo Odinic Rite a partir do Hávamál, considero-as muito gerais e universais para serem tomadas como autenticamente pagãs. Por isso, discutirei aqui o que para mim são as características principais do paganismo germânico, que o diferenciam não apenas de outras religiões como também de outras manifestações pagãs. Continue reading “O que caracteriza o Paganismo Germânico?”

Adolf Hitler e o Paganismo

1996_584796778216688_124411273_n3

Tradução por Sonne Heljarskinn a partir do inglês do post da página “Norse Mythology”, que é de 18/04/2014, mas continua plenamente atual. Infelizmente fãs nazistas de Vikernes e Lusvarghi vão ficar desapontados com a posição do Führer acerca do paganismo/interesse em (reviver) antigas culturas pagãs:

HITLER ODIAVA PAGÃOS

O artigo da CNN de segunda-feira (14/04/2014) sobre os crimes de ódio repugnantes de domingo passado, cita um artigo de 1998 Southern Poverty Law Center afirmando que  o Odinismo “foi uma crença alicerce para os principais líderes do Terceiro Reich, e foi parte integrante dos ritos de iniciação e cosmologia da elite Schutzstaffel (SS), que supervisionou a rede de campos de concentração de Adolf Hitler”. Continue reading “Adolf Hitler e o Paganismo”

Ēostre — Deusa Real ou Invenção de Bede?

12323304_f1024
Dawn por Alphonse Mucha. Fonte: Imagem de domínio público

Post original (link) por Carolyn Emerick, em inglês. Tradução para o português de Sonne Heljarskinn.

* Atenção * Este artigo não tem de modo algum a intenção de fazer proselitismo a favor ou contra qualquer religião, ou provar que Ostara literalmente existe como uma entidade espiritual. Esta é uma análise histórica da evidência que é muitas vezes esquecida na avaliação da historicidade do “culto” de Eostre / Ostara — ou seja, ela era cultuada historicamente pelos povos germânicos da Inglaterra anglo-saxã e os saxões no continente. Continue reading “Ēostre — Deusa Real ou Invenção de Bede?”

Woden versus Odin: Diferenças?

2d33a29234e0d8831d2d002571b6a2c4
Odin, retratado como um andarilho com suas aves, os corvos

Post original em inglês (link) no blog “of axe and plough” por thelettuceman. Tradução de Sonne Heljarskinn.

Diferentes expressões culturais de Heathenry geram diferentes interpretações culturais de (em grande parte) o mesmo grupo principal de divindades. Derivando de uma fonte Proto-Germânica comum, essas divindades são a base das características religiosas dos diferentes povos germânicos que constituem o foco da Heathenry Reconstructionista e Contemporânea. No entanto, como as diferentes culturas germânicas floresceram, propagaram-se, e migraram, a compreensão que eles tinham de sua religião afastou-se, tanto quanto suas línguas e identidades tribais. Isso criou um abismo dentro da compreensão das miríades de interpretações das divindades germânicas que podem causar confusão para ambos os recém-chegados e praticantes veteranos de Heathenry. Continue reading “Woden versus Odin: Diferenças?”

O Deus Bragi

Idunn_and_Bragi_by_Blommer

Tradução de Andarilho do livro “MYTHS OF THE NORSMEN FROM THE EDDAS AND SAGAS” de H.A. Guerber..

Vou lhes contar a história de um deus, filho de Odin, menestrel e compositor de Asgard, aquele que toca em Valhalla e recebe os mortos em batalhas com canções tão belas que fariam os homens mais duros de coração chorar como crianças. Hail Bragi! O deus poeta: Continue reading “O Deus Bragi”

A Primeira Guerra – Asen contra Vanen

Aesir and Vanir War. Artista: Milivoj Ceran
Aesir and Vanir War. Artista: Milivoj Ceran

Publicado originalmente em Alemão. Tradução e revisão ao português por Sonne Heljarskinn.

Asgard é a residência dos Asen, os deuses e deusas da guerra, tais como Odin e Thor. No mesmo nível do mundo localiza-se Vanaheim, casa dos Vanen, deuses e deusas da fertilidade, como Freyr e Freyja. Continue reading “A Primeira Guerra – Asen contra Vanen”