Honra, Fama e Comunidade

Escrito por Andreia Marques
Publicado originalmente em Heathen Brasil.

Um dos grandes problemas de se entender o mundo antigo e portanto adotar uma visão de mundo de acordo (tanto quanto possível, pelo menos), não se encontra tanto na escassez de fontes (okay, se encontra nisso também), mas também nos desentendimentos sobre certos conceitos, que mudam de significado ao longo do tempo.

Um destes conceitos é o conceito de honra. Honra é algo alardeado com bastante frequência por heathens, pagãos em geral, ásatruár, e todo tipo de pessoas, mas o que se entende como honra?

Bem, podemos tirar alguns significados da palavra moderna do próprio dicionário:

honra

fonte: Dicio, Dicionário Online de Português

Olhando o primeiro significado (princípio de conduta da pessoa que se comporta de modo virtuoso, corajoso, honesto; cujas qualidades são consideradas, socialmente, virtuosas), podemos já ver alguns problemas. Primeiramente, o que é virtuoso para um pode não ser virtuoso para outro. E em segundo, o que é socialmente virtuoso para uma determinada sociedade, pode não ser o mesmo para outra sociedade.

Para os povos germânicos, honra se adapta mais à segunda parte da primeira definição: aquelas qualidades que são consideradas socialmente virtuosas. Socialmente, porque a base de toda visão de mundo germânica é a comunidade, portanto, o que a tribo considera virtuoso — dentro de suas regras, leis e valores — é automaticamente virtuoso, quer o indivíduo concorde ou não.

E, principalmente, porque a sociedade germânica era uma sociedade de prestígio — ser mais, e melhor, que os outros, era considerado uma grande virtude. Uma grande honra.

Assim, honra é associada a prestígio, e o prestígio tem a ver com os valores da tribo. Quais valores seriam esses é irrelevante no momento, até porque não vivemos mais em tribos da era pré-medieval (e tribos diferentes poderiam muito bem ter valores diferentes). Mas o conceito persiste, que ser mais, e melhor, dentro da tribo, era fundamental para o indivíduo germânico.

Ou seja, parte de sua honra, daquilo que te faz honrado, é justamente sua fama, seu prestígio dentro da tribo.

Em contrapartida, manchar essa honra — com calúnias, com mentiras, atos e palavras que vão de encontro à essa honra — é uma ofensa profunda, um crime horrível: manchar a honra de alguém, principalmente de uma pessoa reconhecidamente honrada, era caso digno de iniciar um feudo de sangue e causar vingança, que muitas vezes perdurava por gerações.

Assim, honra no tempo antigo era algo externo, mais do que interno, e isso faz completo sentido em uma visão de mundo que valoriza atos sobre pensamentos: uma sociedade que se inspira fortemente na aceitação da comunidade. Estar em paz com seus princípios pessoais de moral, embora algo laudável, não é o bastante para o povo antigo: você deve demonstrar isso, e mais, a sua moral e honra “internas” são sujeitas à moral e honra externas, às leis e costumes da tribo em que você está. Não existe honra (no conceito antigo) sem uma comunidade por trás.

E hoje?

Hoje, penso eu, deveríamos aplicar ambos os sentidos interno e externo, até porque nós não vivemos em comunidades tribais medievais. Nós vivemos em um mundo em que o que consideramos honrado pode não estar em harmonia com nossa sociedade como um todo, pois nossa sociedade não é heathen, mas fundada na visão de mundo judaico-cristã.

Mas isso não anula a necessidade de sermos honrados (ou seja: reconhecidos como tal) diante daqueles que são importantes para nós: kindred, tribo, família, amigos, enfim, aqueles a cujas opiniões damos valor, e aqueles para com quem é importante ou relevante ter uma boa reputação.

Ou seja, a fama importa — não necessariamete a fama do tipo “moderno” (ou até mesmo infâmia, em alguns casos), mas sim aquela reputação que temos com aqueles que consideramos tribo, heathens ou não.


foto por William White, via Unsplash

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s