Por que eu sou um Heathen ateu

Publicado originalmente em Boxing Pythagoras.
Tradução para o português por Sonne Heljarskinn.

Tendo já relatado aos meus leitores Why I am not a Christian (Por que eu não sou um cristão), pensei que poderia levar algum tempo para falar sobre o que eu sou: Eu sou um pagão ateu.

Não é raro encontrar ateus modernos que, brincando, referem-se a si mesmos como “Heathens ateus”. Eles usam o título de maneira satírica, para zombar da injustiça escandalosa que alguns cristãos derramam sobre uma pessoa por causa do simples fato de que os ateus não acreditam Deus. Ele remete a um período em que o cristianismo tinha autoridade legal, no mundo ocidental, e a acusação de ser um “Heathen ateu” era uma ofensa criminal que resultou em uma pena capital. No entanto, isto não é o que eu quero dizer quando eu uso o termo “Heathen ateu”, como no título deste artigo. Para ser sincero, eu também pretendo esse tipo de referência, mas meu uso realmente traz um peso adicional que geralmente não é compartilhado pela maioria dos outros ateus que eu conheci. Quando eu digo que sou um “pagão ateu”, estou realmente me referindo ao fato de que eu sou um ateu que pratica Heathenry Nórdica.

Eu entendo que o pensamento de um ateu aderindo a uma religião politeísta pode parecer bastante paradoxal, a princípio, permitam-me esclarecer.

A maioria dos ateístas auto-entitulados que eu encontrei, pessoalmente ou na Internet, tendem a ser humanistas. No entanto, nunca me senti atraído pelo humanismo secular, achando que sua doutrina e princípios são incrivelmente vagos ou desnecessariamente antirreligiosos. Por exemplo, a American Humanist Association oferece esta breve descrição resumida:

O humanismo é uma filosofia progressiva de vida que, sem teísmo e outras crenças sobrenaturais, afirma nossa capacidade e responsabilidade de levar vidas éticas de realização pessoal que aspiram ao bem maior da humanidade.

Uma descrição mais completa pode ser encontrada no “Manifesto Humanista III” deles, que basicamente só expõe sobre este tema. As únicas posições que são realmente estabelecidas são uma oposição ao sobrenaturalismo, referências vagas à “participação individual no serviço de ideais humanos”, e adesão ao método científico para a derivação do conhecimento. Honestamente, não há muito previsto no Manifesto da AHA que eu acharia desagradável, mas remova as partes que descrevem oposição ao sobrenaturalismo e até mesmo a maioria dos teístas não encontraria muita coisa para não gostar. Para esse fim, o “humanista” sempre me pareceu um título redundante – eu já me considero um naturalista, e o humanismo parece ser apenas um naturalismo filosófico com uma sobremesa de otimismo social. Eu não tenho necessidade de me adornar com rótulos estranhos.

Eu sou um naturalista. Eu não acredito que os deuses existem. Portanto, eu sou ateu.

Isso, então, nos leva à segunda parte da minha frase. Mesmo antes de me desassociar do cristianismo, fiquei muito apaixonado pela Heathenry nórdica, lendo muito sobre o assunto e conversando com os adeptos da religião. Às vezes também chamada neopaganismo germânico, Odinismo, Asatru, Forn Sidh, Theodism, ou uma série de outros nomes; o paganismo nórdico é uma tentativa de reconstruir as crenças e práticas religiosas dos povos pré-cristãos germânicos. Apelando a uma grande quantidade de estudos sobre arqueologia e documentação histórica, heathens tentaram construir uma religião moderna que se assemelha ao que foi empregado por essas tribos antigas. Isso envolve muito, muito mais do que simplesmente aprender as antigas histórias mitológicas e, em seguida, alegando adorar Odin e Thor e Frigga e Freyja e os outros deuses. Heathenry inclui filosofia sobre parentesco e ancestralidade e destino e moralidade. Mesmo se alguém fosse ignorar completamente a teologia da Heathenry [paganismo], ela ainda oferece um rico valor para aqueles com interesse nela.

A teologia do Heathenry, em si, é uma questão incrivelmente complexa, que vai de toda a gama de teólogos pessoais sobrenaturalistas a ateus naturalistas. Há aqueles que vêem os deuses exatamente como você poderia esperar, acreditando que os Aesir e Vanir são seres pessoais de grande poder que interagem com a humanidade. Outros mantêm uma visão arquetípica de que os deuses são a encarnação de certos conceitos ou resumos no mundo – algo parecido com uma versão politeísta do Deísmo ou do Panenteísmo. Finalmente, há aqueles – como eu – que vêem os deuses como sendo sujeitos de histórias e contos maravilhosos dos quais se pode extrair um pouco de valor, mas que não acreditam que os deuses são (ou sempre foram) seres reais existentes .

Eu atribuo grande importância aos meus antepassados, amigos, família e Kindred. Encontro sabedoria nas Sagas e Eddas – particularmente no Hávamál. Tenho profundamente ponderado sobre a natureza e as implicações de Wyrd e Orlog. Portanto, eu sou um pagão.

Quando digo que sou um “pagão ateu” [ou “heathen ateu”], isso implica um pouco mais do que as pessoas muitas vezes percebem, a princípio. Não estou simplesmente satirizando um insulto imposto pelos detratores cristãos para me desassociar da religião, como é frequentemente o caso de outros ateus que utilizam uma frase semelhante. Estou realmente fazendo afirmações positivas sobre minhas crenças e minha religião. Quando digo que sou ateu, é um método abreviado para afirmar que sou Naturalista, Racionalista e Evidencialista. Quando digo que sou um pagão, estou anunciando minha fidelidade às filosofias, crenças e moralidade reconstruídas dos povos germânicos antigos.

Eu sou um heathen ateu.


Na imagem destacada um retrato de Goethe, datando 1786, feito por Johann Heinrich Wilhelm Tischbein. Johann Wolfgang von Goethe foi um poeta, homem de estado e botânico alemão.

One thought on “Por que eu sou um Heathen ateu

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s