Pagão, Heathen, Palavras

Escrito Por Andreia Marques

Heathen é uma palavra interessante. Na língua inglesa, heathen é sinônimo de pagan — pagão. Se você olhar um dicionário, verá que a definição é bem simples: aquele que não segue o Deus da Bíblia. Ateu? Hindu? Budista? Tudo heathen. Tudo pagão.

Pagão é um termo latino que vem de paganus, homem do campo, rústico, que vem de pagus, “região delimitada por marcadores”.

Mais relevante ainda, paganus no jargão militar romano era equivalente de civil — combatente sem talento, ou não-combatente, relacionado a pangere, “atar, fixar ou anexar”. É bastante provável que o termo tenha adquirido seu caráter (completamente secular) pejorativo por conta disso, e sua relevância religiosa através desse significado — posto que os cristãos, no início do desenvolvimento do Cristianismo, se intitulavam “soldados de Cristo” e adotaram muito dos vocabulário e paramentação militares romano.

O termo só adquiriu sua conotação religiosa no século IV. No século V o termo já era usado como metáfora para aqueles fora da força civilizatória da comunidade cristã, mas seu uso se popularizou na Renascença, com o reavivamento do interesse pela cultura clássica romana e grega, pré-cristã.

Em nosso idioma, assim como outros, o termo foi adotado para se referir àqueles que não são judeus ou cristãos, a pessoas não batizadas, e a pessoas que seguem o politeísmo (apesar de existirem religiões tecnicamente pagãs que são monoteístas).

pagao

fonte: Dicionário Michaelis online

Heathen, por sua vez, acredita-se vir de heath, que se refere a um tipo de arbusto, comum na Europa, de campos improdutivos. O heathen vive no heath — nesses campos não-civilizados, fora da força civilizatória do Cristianismo. Este termo, não existente na língua portuguesa, é um estrangeirismo.

O termo vem do inglês antigo hæðen, via o nórdico antigo heiðinn, significando “não judeu ou cristão”, através do gótico haiþno (“mulher gentia”), uma tradução para hellenos — outro termo usado para identificar não-cristãos, referindo-se a eles como gregos.

heathen

Então heathen e pagan tem o mesmo significado geral pejorativo, de inculto, não civilizado e não-cristão (ou judeu).

Mas hoje em dia, naturalmente, esses termos vêm mudando. Com o crescimento e popularização da reconstrução de religiões pré-cristãs de várias origens (grega, romana, celta e germânica estando entre as mais populares, assim como as religiões de matriz africana em geral e o kemetismo), elas vem perdendo a conotação pejorativa e tornando-se descritivo.

Paganismo, atualmente, se refere a basicamente todo esse movimento, independente de suas vertentes. Religiões como a wicca, por exemplo, se encaixam dentro do paganismo.

Heathen, por outro lado, foi o termo adotado especificamente por aqueles que praticam o paganismo de origem germânica (honrando a própria origem germânica da palavra, e favorecendo-a sobre o termo latino “pagão”), e é usado para diferenciar este do neopaganismo e outras religiões pagãs em geral.

Assim, atualmente, usa-se heathen apenas no contexto germânico — e é por isso que o nome deste blog é Heathen Brasil! Sobre o que isso significa, bem, é papo para outro post.


Publicado originalmente no blog Heathen Brasil em março 4, 2016.

— quarta-feira, 4 de janeiro de 2017 —

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s