A Primeira Guerra – Asen contra Vanen

Aesir and Vanir War. Artista: Milivoj Ceran

Aesir and Vanir War. Artista: Milivoj Ceran

Publicado originalmente em Alemão. Tradução e revisão ao português por Sonne Heljarskinn.

Asgard é a residência dos Asen, os deuses e deusas da guerra, tais como Odin e Thor. No mesmo nível do mundo localiza-se Vanaheim, casa dos Vanen, deuses e deusas da fertilidade, como Freyr e Freyja.

Na “Era de ouro” do passado distante, os deuses viviam em harmonia, e jogavam nos prados. Um dia, Gullveig visitou Odin em seu salão em Asgard. Gullveig não podia falar nada de seu amor por ouro. Os Asen eram muito ciumentos com seu ouro, e decidiram que o mundo seria melhor sem ela. Eles agarraram-na, perfuraram seu corpo com varas e lançaram-na ao fogo, no meio do salão. Ela queimou até a morte, mas saiu das chamas inteira. Duas vezes mais, ela foi capturada, morta e queimada. Mais duas vezes, ela saiu inteira para fora das chamas. Ela era uma bruxa e Serra, de magia negra.

Quando os Vanen ouviram sobre como os Asen tinham acolhido Gullveig, eles juraram vingança. Odin cuidou dos preparativos para a guerra a partir de seu trono em Valaskjálf.

Os deuses ficaram cara a cara. Odin brandiu sua lança Gungnir sobre os Vanen. Assim começou a primeira guerra.

Os Vanen rapidamente sobrepuseram-se. Com magia eles enfraqueceram os muros de Asgard. Os Asen avançaram e causaram danos similares em Vanaheim. A batalha se desenrolava e não havia fim, ninguém parecia decidir a batalha por si só.

Os deuses interromperam a guerra e queriam tomar uma decisão, eles se reuniram e discutiram. Eles argumentaram sobre as origens da guerra e se era a única culpa dos Asen ou se ambos os lados foram responsáveis pela guerra. No final, eles decidiram viver juntos em paz. Para fazer cumprir este acordo, os líderes foram trocadas pelos dois lados como reféns.

Njörd, seu filho Freyr e Freyja sua filha, que estavam liderando os Vanen viajaram para Asgard. Em troca, os Asen Hoenir e Mimir foram enviados para Vanaheim.

Os Vanen nomearam Hoenir para ser um de seus líderes. Com o sábio Mimir ao seu lado. Mas sem Mimir, Hoenir parecia incapaz de tomar uma decisão. “Deixe outra pessoa decidir”, dizia ele sempre.

Os Vanen suspeitavam de que tinham sido enganados e que eles tinham recebido a parte mais pobre do acordo em troca dos líderes. Em vingança cortaram a cabeça de Mimir e mandaram-na de volta para Odin.

Odin balançou a cabeça, untou-a com ervas e pronunciou magia rúnica sobre ela. A cabeça foi conservada antes de degradar-se e recebeu o poder da fala, de modo que Mimir sempre poderia compartilhar sua sabedoria com Odin. Ele a trouxe para Mímisbrunnr e então ali Mimir deve ser o guardião da Fonte da Sabedoria.

Freyja ensinou a Odin a magia do Seiðr, que lhe garantiu um grande poder. Ele poderia aprender destino dos homens, para ver o futuro, trazer morte e miséria, ou levar a inteligência e força de um homem para outro. Mas essa magia era tão fora de controle, que trouxe principalmente danos. Por isso, muitos homens tentaram apoderar-se dessa força.

_________________________________________________________

Aparentemente falta muito dessa história. Alguns historiadores argumentam que ela lembra um tempo da pré-história nórdica (talvez dois mil anos antes de Cristo) quando dois cultos lutaram pelo domínio na Escandinávia. Um grupo teve a supremacia (os povos nórdicos avançados ‘Indogermanos de machado-de-guerra’ [Indogermanischen Schlachtaxtleute]), e os dois cultos se uniram no passado.

Conforme a tradição, a batalha começou na Era Escandinava com uma lança, ela foi atirada contra o exército inimigo, em homenagem a lança que foi lançada por Odin na primeira guerra. Este dardo condenou o inimigo, à derrota e à morte.

Com a primeira guerra a idade de ouro dos deuses nórdicos tinha acabado. Nenhum dos lados poderia derrotar o outro, então eles decidiram formar um acordo de paz. A energia incansável de guerra Odin foi combinada com a energia de cura incansável de Freyja.

(c) Mathias Pietsch

Fonte: www.loki.de.tf

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s