Kindreds – O que são, como funcionam.

Por Helena Pereira

Blót em Ásatrúarfélagið

Blót em Ásatrúarfélagið

Olá Povo!

Algumas pessoas me perguntaram o que é “Kindred” e como funciona, então resolvi escrever a respeito e tentar esclarecer. Acaso alguém encontre algum erro ou discorde, por favor escreva. Não sei tudo e gosto sempre de aprender.

Os kindreds ou famílias, são formados por pessoas que comungam da fé Asatru/Vanatru/Odinista e celebram juntos os ritos para os Deuses. O interesse comum, a confiança, o respeito e a fidelidade são fundamentais. Um kindred precisa ter 98% de afinidade e concordância, os 2% ficam para as desavenças que sempre acontecerão, é fato.

O Asatru/Vanatru/Odinismo não é uma religião iniciática, não há graus a serem galgados, não é proselitista, homofóbica, sexista, racista ou intolerante.

Existe um sacerdote Ghodi ou sacerdotisa Ghydia que inicia as cerimônias e orienta o grupo, prezando pelo bem de todos e tem poder de decisão se alguma situação acontecer e não houver consenso entre os membros.

É uma posição de destaque e respeito, por isso a escolha dessa pessoa deve ser feita levando em consideração o que o grupo quer para si e geralmente ela é escolhida por votação. Outra forma de resolver um impasse é o Ghodi ou Ghydia, abdicar do poder de decisão e pedir a leitura das runas, que indicará o que deve ser feito. Nos tempos dos vikings era o chefe da família ou o que hospedava que desempenhava esse papel, hoje em dia o líder será a pessoa que possui mais conhecimento e deve oficiar o rito.

Os kindreds se reúnem nas datas importantes do calendário nórdico, onde se realizam os Blóts, em que honram e celebram os Deuses. Esses rituais podem acontecer tanto em ambientes fechados quanto ao ar livre.

tumblr_lamr8pkLmP1qer9b0o1_400

Seguimos uma cultura tribal, o Asatru/Vanatru/Odinismo dá importância máxima à família e à comunidade, visto que no tempo dos vikings um único erro poderia sujar o nome da família para sempre. Honrar a palavra também é de valor intrínseco à cultura nórdica. É recomendável que os membros do kindred não se reúnam somente nas datas comemorativas, mas que tenham uma vida social em comum. O sentido de família para a fé Asatru/Vanatru/Odinista é literal. Os membros passam a ser um, não podem pensar só no individual, mas no e para o grupo.

O Blót, oficiado pelo Ghodi ou Ghydia, começa geralmente com o Rito do Martelo depois faz-se a oferta ou oferenda que é um meio de honrar os Deuses e são realizadas sempre (comida, bebida, objetos) que receberão a benção e aceitação simbólica Deles. Os brindes as Divindades e leitura , declamação ou canções dedicadas a Elas acontecem e depois se faz o Sumbel ou Feast ou simplesmente a degustação dos alimentos.

OBS.: De acordo com alguns Odinistas, não realiza o Rito do Martelo em suas celebrações, já outros o fazem. Não chega a ser uma questão polêmica, pois temos liberdade de culto, ou seja, os membros do kindred resolvem como iniciar suas celebrações.

Para que um grupo passe a ser um kindred existe o que chamamos Juramento, que é assumir o compromisso com os Deuses a Fé e a Família.

É uma cerimônia simples, realizada na presença de um Godhi ou Gydhia e os membros. Geralmente se passa a usar um anel, pulseira ou colar como símbolo sagrado.

Como membro de um kindred, é preponderante que se aceite totalmente a espiritualidade, cultura e costumes dos antepassados, se aprenda a história e a mitologia dos povos nórdicos e zele pelo crescimento espiritual dos outros membros e por último, mas não menos importante que se viva sob as Nove Nobre Virtudes: Coragem, Verdade, Honra, Fidelidade, Disciplina, Hospitalidade, Auto-Suficiência, Perseverança e Laboriosidade.

Outra coisa a ser levada em consideração é a aceitação dos dogmas. Não encaremos o conceito de dogma algo que é imposto, mas aquilo que é essencial para uma fé e que é aceito livremente. Um dogma não pode ser imposto, deve ser aceito com honra, como uma herança e fazer parte do ser.

Creio que existe uma coisa importantíssima que precisa ser sempre exposta. Nossa religião foi maculada pelo nazismo e é nossa obrigação como Heathens, esclarecer, divulgar, demonstrar que não pensamos dessa forma.

Nossa o texto ficou enorme e peço que me desculpem por isso. Volto a dizer que se não concordarem ou perceberem algum erro, por favor, escrevam. Espero ter ajudado!
Hail!

Postado originalmente no facebook – de onde foi extraído.

One thought on “Kindreds – O que são, como funcionam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s